Mais, mas e más são três palavras que têm a mesma pronúncia e isso é motivo de grande confusão ao usá-las na escrita. Então, confira aqui uma explicação rápida e direta, com vários exemplos para você não errar mais!

Mas

É uma conjunção com a função de apresentar uma ideia oposta, com o mesmo sentido de porém. Normalmente é usada após a vírgula.

  • O ar condicionado está ligado, mas eu ainda estou com calor.

Note na frase as ideias opostas:  ar condicionado ligado calor.

Leia outros exemplos.

  • Não sei se vai chover, mas eu vou levar o guarda-chuva.
  • Havia muitas pessoas na reunião, mas o evento foi muito organizado.
  • Não sei se você sabe, mas todos já estão sabendo.
  • “Ele trabalha em publicidade… Mas o que ele é mesmo é um artista, pai. Um excelente pintor. ” (Ana Maria Machado, em Todas as Filhas)
  • “O ferimento não é grave, entenda, mas é melhor ela não voltar para casa sozinha. ” (Khaled Hosseini, em O silêncio das montanhas).

Às vezes, usamos a expressão ”mas que”, mas deve ser evitado. Veja.

  • Ele é o cozinheiro do restaurante, mas que está de férias.

Más

Esse adjetivo acentuado está no plural e significa maldosas, perversas, malvadas. É o contrário de boas.

  • As bruxas más dominaram a terra.
  • Tenho más notícias para você.
  • As palavras más que saem da sua boca me machucam.
  • Pessoas más podem aprender a bondade.
  • Esse rapaz está com más intenções.

Observe o uso neste trecho do livro O caçador de pipas, de Khaled Hosseini:

“O pai sempre dizia que é errado machucar as pessoas, mesmo as malvadas. Porque elas não têm condições de fazer outra coisa, e porque, às vezes, as pessoas más podem se tornar boas”.

Mais

Esse advérbio de intensidade indica quantidade ou soma. Muitas vezes é o contrário de menos.

  • Eu quero mais!
  • Não vou mais assistir o filme.
  • É mais fácil falar do que fazer.
  • O empresário tem mais conhecimento sobre o assunto.
  • Esse projeto foi mais bem desenvolvido no ano passado.
  • A menina é mais bonita do que eu pensava.
  • “Miguel se mantinha mais afastado, de pé, encostado na porta que dava passagem para o outro vagão. ” – Ana Maria Machado, em Todas as filhas.

A diferença entre mais, mas e más são bem evidentes já que têm sentidos totalmente diferentes, mesmo quando usadas bem próximas dentro do texto. Observe.

“Minha autocrítica a certas coisas que escrevo, por exemplo, não importa no caso se boas ou más: mas falta a elas chegar àquele ponto em que a dor se mistura à profunda alegria e a alegria chega a ser dolorosa – pois esse ponto é o aguilhão da vida. ” – Clarice Lispector, em A descoberta do mundo.

Agora, não erre mais e compartilhe essas dicas com seus amigos nas redes sociais!

Anúncios